Santa Cecília

Santa Cecília é a santa padroeira dos músicos pois quando ela estava morrendo, ela cantou a Deus. Não se tem muitas informações sobre a sua vida. É provável que,tenha sido martirizada entre 176 e 180, sob o império de Marco Aurélio. Escavações arqueológicas não deixam dúvidas, sobre a existência, mas sua história só foi registrada no século V, na narrativa Paixão de Santa Cecília. 
Que Santa Cecília, abençoe a todos os músicos, e em especial todos os músicos católicos, que nos fazem chegar mais perto de Deus, com suas belas canções. 
Santa Cecília, rogai por nós!

3 comentários:

  1. De nada Ana Lucia, só tenho a agradecer pela sua visita aqui no meu Blog, que Deus te abençoe

    ResponderExcluir
  2. Ói, +Leonan Faro,

    Muito obrigado pelo teu trabalho preciosíssimo aqui neste blogue! Estou usando os teus desenhos nas partituras de canto gregoriano que dou aos meus alunos da catequese. Eles gostam muito de colorir as figuras por entremeio das partituras. Neste momento estou preparando os cânticos para a Festa de Santa Cecília. Seria possível desenhares o Evangelho das 10 virgens?

    Naquele tempo, disse Jesus aos seus discípulos esta parábola: «O reino dos céus é semelhante a dez virgens que, empunhando suas lâmpadas saíram ao encontro do esposo e da esposa. Porém, cinco destas virgens eram loucas e as outras cinco eram prudentes. Ora, as cinco loucas, empunhando suas lâmpadas, não levaram azeite. Ao contrário, as prudentes, tomaram azeite em seus vasos para suas lâmpadas. Como o esposo se demorasse em chegar, tiveram sono e dormiram. Quando era meia-noite, ouviu-se um clamor dizer: «Eis que chega o esposo; ide ao seu encontro». Então todas estas virgens se ergueram e prepararam as suas lâmpadas. As loucas disseram às prudentes: «Dai-nos do vosso azeite, porque as nossas lâmpadas apagam-se». As prudentes responderam-lhes: «Não, porque pode suceder que, como a vós, nos falte o azeite; ide antes aos que o vendem, e comprai-o». Ora, enquanto elas foram comprar o azeite, veio o esposo. Então, as que estavam preparadas entraram com ele para as bôdas; e fechou-se a porta. Por fim vieram as outras virgens, e disseram: «Senhor, Senhor, abri-nos a porta». Ele respondeu: «Na verdade vos digo: não vos conheço. Vigiai, pois, visto que não sabeis nem o dia nem a hora».

    Muito obrigado! Deus te abençoe!

    ResponderExcluir

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.