Vocação Laical desenho para colorir

A vocação laical ocupa um lugar central na Igreja, pois a define para o mundo. Outras vocações não têm essa centralidade. O leigo tem carisma e função para libertar a secularidade do mundo, mediante o anúncio de Jesus Cristo, de modo a fazer com que o mundo tenha autonomia. Ele tem a missão de fazer com que o mundo entre em comunhão com o mistério que a Igreja representa.

A vocação laical tem sua origem nos sacramentos do batismo e da crisma. O cristão leigo tem o papel de libertar o mundo da secularidade, dos falsos ídolos e de todas as prisões que oprimem e destroem a pessoa humana. Vivendo no mundo como solteiro, casado ou consagrado (de maneira individual ou num instinto secular), os leigos são fermento na massa (Mt. 13, 33), sal e luz do mundo (Mt. 5, 13 – 14). Na vocação laical temos o estado de vida matrimonial. Chamados a ser pai, a ser mãe, a gerar vida, a constituir família. A família é chamada a constituir a Igreja doméstica, com a missão de educar para uma autêntica vida cristã. É daí que surgem os carismas para a catequese, a missão, os ministérios leigos entre outros. É na família que é possível expressar as mais variadas formas de amor.

O leigo representa a Igreja no mundo, e o mundo na Igreja. Concluindo, o leigo vive duas vocações ou não. A matrimonial e ao mesmo tempo Laical ou Laical consagrando sua vida a Deus. (FONTE DO TEXTO: Site Sou Catequista)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.